Edição Especial IEP Artigo Infância

O Instituto Educacional Pentagonal em sua proposta educativa busca veicular informações de relevância sobre a importância e atuação da Educação Infantil em nossos tempos atuais. A partir desta edição abriremos espaço para compartilhar com vocês informações, dicas, práticas e saberes em parceria com o Projeto Ciranda que mensalmente encaminha a nossa escola o Informativo Ciranda trazendo um material rico em informações e trocas que auxiliarão a melhor compreensão do “desenvolvimento” de nossas crianças. Veja um resumo de uma das matérias, que interessante:

EDUCAÇÃO INFANTIL

MAIS DO QUE CUIDAR: EDUCAR, DESENVOLVER.

“Hoje em quase todo o mundo, a Educação Infantil é vista como uma das etapas mais importantes da formação humana. Crianças que passaram por uma escola de educação Infantil de qualidade, que foram estimuladas adequadamente, que tiveram chance de brincar, explorar o mundo, aprender, não apenas têm depois melhor desempenho na escola, como são também mais estáveis emocionalmente, são mais seguras. Têm chances de se tornarem adultos realizados. Embora os educadores conheçam a importância da Educação Infantil, nem sempre a sociedade percebe o valor educativo que ela tem. Demanda antiga do movimento feminino, quando as mulheres começaram a ingressar no mercado de trabalho, a Educação Infantil nasceu mais como uma assistência à família. Por isso, muitas pessoas ainda a veem, erroneamente, como lugar de cuidados. Hoje tudo isso mudou. É hora de querer e esperar mais da Educação Infantil.”

 atividade agosto2

                                              INFANCIA DOS 3 AOS 5 ANOS:

                                     UM TEMPO ESPECIAL DA VIDA

 

” O que fez com que a educação Infantil ficasse tão importante? Foi o avanço de vários campos de pesquisa. Há muito tempo, os pedagogos e os psicólogos sabiam da importância da Educação Infantil. Mas com as descobertas dos cientistas acerca do crescimento do cérebro, principalmente a partir dos anos 1980, se ampliou a compreensão como essa fase do desenvolvimento é especial. Hoje se sabe, por exemplo, que a INTELIGÊNCIA não se define apenas pelo peso da herança genética. Estudos diversos mostram que o cérebro se desenvolve especialmente na interação com o meio. Em palavras mais simples, os estímulos que a criança recebe representam uma parte fundamental do desenvolvimento intelectual.

São ESTIMULOS importantes, por exemplo, a quantidade de palavras que a criança ouve, a diversidade de situações que vive, as possibilidades de movimento físico (a criança aprende também quando seu corpo se move e explora o espaço), as oportunidades de expressão de suas emoções e de suas perguntas sobre tudo.

“Mas as pesquisas mostram mais. Não basta estimular. Para aprender e se desenvolver de forma integral, é preciso que a criança sinta-se segura, protegida, em um ambiente repleto de AFETO. Sem amor, há pouco aprendizado. Por fim, hoje sabemos que embora estejam ávidas para aprender, as crianças de 3 a 5 anos não aprendem  como os alunos mais velhos. Um dos processos mais importantes para o seu desenvolvimento sadio é o BRINCAR. Brincando, elas fantasiam sobre a vida, sobre o mundo dos adultos, sobre as coisas que as cercam. Brincando aprendem a se relacionar e a compreender as próprias emoções e dos outros.”

 

( Fonte: Informativo Ciranda – Ano I – nº 1 paginas 1,2)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *